Perder barriga: 7 mitos e verdades sobre essa grande missão - Inbeauty Brasil

Blog Inbeauty Day

13 jun

Perder barriga: 7 mitos e verdades sobre essa grande missão

Uma coisa é mais do que verdade: não existe, em toda a face da Terra, um milagre capaz de fazer você perder barriga em um curto espaço de tempo, de maneira saudável e duradoura. Você pode já ter feito dietas malucas ou ter passado dias dentro de uma cinta modeladora que não te deixou respirar, mas certamente, se está lendo isso agora, percebeu na pele que o resultado esperado não apareceu ou não durou muito.

Esperamos que, com as nossas dicas, você descubra o que realmente pode te ajudar no processo do famoso “queimar gordura”, que possa descartar os mitos logo de primeira e emagrecer com saúde. No entanto, procure sempre levar em conta sua real beleza que, antes de mais nada, diz respeito a sua saúde e bem estar, independentemente de padrões estabelecidos pela mídia e pela sociedade, ok?

 

1 – Exercício abdominal queima gordura

Mito. O que acontece é o fortalecimento da musculatura abdominal da região. Se a barriga for flácida em decorrência de uma gravidez, por exemplo, o exercício abdominal vai ajudar o abdômen a voltar a posição normal e diminuir o volume. Já, se a barriguinha for proveniente de excesso de gordura mesmo, não adianta não.

 

2 – Minha barriga é de cerveja

Mito, muito mito. Mesmo sendo rica em calorias, a cerveja não pode ser considerada a culpada da sua barriga. Já está comprovado que o consumo regular de cerveja não está diretamente ligado ao aumento das medidas da cintura. Porém, a cerveja em excesso pode alterar o metabolismo do estrogênio, hormônio que, quando está desequilibrado, pode provocar acúmulo de gordura, mas não necessariamente na barriga. O importante é saber que o consumo de álcool em excesso deve ser evitado, visto que o hábito pode virar um vício e trazer consequências graves para a saúde do corpo e da mente. Beba com moderação 😉

3 – Chá diurético emagrece

Mito. O chá com propriedades diuréticas vai ajudar na eliminação de toxinas e eliminar ou diminuir o inchaço. Esse resultado pode dar a falsa sensação de emagrecimento, mas não auxilia de fato na queima de gordura, que é o foco aqui. Contudo, o consumo do chá verde, por exemplo, pode ser muito benéfico para a saúde, uma vez que, além de estimular a eliminação de líquidos, tem efeito antioxidante, o que o torna importante aliado no combate aos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce da pele.

 

4 – Usar modeladores corporais ajudam a perder barriga

Mitasso! O uso frequente de cintas apertadas podem, na verdade, fazer você ganhar barriga. É que quando estamos usando o body, impedimos a contração natural do abdômen, levando à fraqueza da musculatura da região. A diminuição da silhueta acontece enquanto se está usando, mas ao tirar, volta tudo para o lugar. A prática pode também contribuir para a retenção de líquidos e problemas de respiração. Sugerimos que você consulte seu médico ou médica para saber sua opinião.

Não é a quantidade que você come, é a qualidade 😉

5 – O segredo é fechar a boca

Mito e verdade. Nem 8, nem 80. Quando o objetivo é perder peso e se manter de bem com a balança, a melhor alternativa é equilibrar a alimentação, fechando a boca para alimentos mais calóricos. Os riscos das dietas rígidas são altos e comprometem nossa saúde física e mental. Isso porque quando ficamos muito tempo sem comer, nosso organismo metaboliza gorduras e proteínas, e quando a reserva acaba, passamos a sentir dificuldades na concentração. Se mantido, o jejum pode trazer carência de vitaminas, enfraquecimento do organismo, baixa imunidade, hipoglicemia e por aí vai… Procure um profissional da saúde e descubram juntos qual combinação entre alimentação e atividades físicas pode trazer mais benefícios para você. Lembre-se: as pessoas tendem a reagir de maneiras diferentes a determinados tratamentos. Se serviu para sua amiga, não quer dizer que sirva para você e vice-versa. 😉

6 – Minha barriga é de família

Mito e verdade. Uma família com tendências obesas dificilmente vai ter um descendente originalmente magro. Mas isso não quer dizer que não seja possível perder peso. A dificuldade para tal missão pode ser maior, mas não é limitadora. Da mesma forma, há o fator do metabolismo lento, que pode atrapalhar no processo de emagrecimento. Ambos têm solução e requerem foco e acompanhamento profissional com prescrição de dietas e exercícios físicos. Em alguns casos, é necessária a intervenção cirúrgica, como a cirurgia bariátrica. Está acima do peso e sente dificuldades em emagrecer? Procure ajuda médica e inicie essa jornada.

7 – Fazer mais exercícios e comer menos faz emagrecer

Mito e verdade. Mito, porque a ideia não é comer menos, e sim comer melhor. Quando você alimenta seu corpo de acordo com as necessidades dele, sem exageros, nem privações. Em linhas gerais, o emagrecimento é um cálculo matemático: quando você se exercita, seu corpo precisa de mais calorias para dar conta do recado; quando você diminui o consumo de calorias diárias e pratica atividades físicas, seu corpo vai consumir as calorias que estão “na reserva”, que geralmente está localizada onde? Na barriga, nas coxas, nádegas, dependendo também do seu biotipo.

A saúde vem primeiro

A importância de uma vida saudável vai além do número de quilos que você conseguiu perder em um mês, ou dos centímetros que diminuíram em torno da sua cintura. A perda de peso deve acontecer a partir da consciência de que o corpo é uma máquina perfeita e que tudo deve funcionar em perfeita harmonia. A gordura não está necessariamente relacionada à doença e o sobrepeso deve ser avaliado por um profissional da saúde, e não pela mídia ou pela sociedade. Por isso, antes de decidir emagrecer, reflita se a intenção é viver melhor consigo ou com os outros. 😉 A real beleza é a sua.

Sabe de algum mito ou verdade sobre o emagrecimento? Conte para a gente: comunicacao@inbeautybrasil.com.br ! Quem sabe não vira assunto para um próximo post?! 🙂